Pro-Watch

O Pro-Watch da Honeywell é uma poderosa solução norte-americana de software em contínuo desenvolvimento há mais de 22 anos capaz de prover uma gestão integrada multinível das disciplinas de sistemas de segurança de corporações para a administração, supervisão, controle de pessoas e de ativos.

A plataforma ProWatch é composta de um ecossistema interligado que permite às organizações otimizar seu sistema de segurança para melhor atender as suas necessidades e objetivos. Da integração física e lógica, para a gestão de intrusão, controle de acesso e vigilância de vídeo, o Pro-Watch ecossistema fornece aplicações práticas para gerenciar todos os aspectos de uma instalação de segurança.

Principais características:

  • Arquitetura de clusterização com suporte a federalização de 5 níveis em alta disponibilidade;
  • Hardware de campo com funcionamento autônomo e em modo degradado, em caso de catástrofe;
  • Plataforma Cliente/Servidor com suporte ao Windows Server 2019, SQL Server 2019 e Windows 10 Pro;
  • Suporte ao login único SSO via Active Directory do Windows;
  • Protocolos abertos no nível TCP/IP com opção por criptografia AES256 e TLS1.2;
  • Totalmente integrado com NTP, WSUS e LDAP;
  • Em conformidade com o programa Microsoft Gold Certified Partner;
modal_pw

Permite Integrar sistemas heterogêneos de vídeo, controle de acesso, detecção de incêndios, além de poderem ser integrados via interface SDK ou API com outros sistemas terceiros de Incêndio, iluminação e HVAC;

  • Permite a integração com sistemas terceiros através de API aberta nas linguagens SOAP (XML), REST (JSON) e EVENT com qualquer sistema;
  • Permite controlar veículos e ativos por qualquer tipo de identificador (Cartão de proximidade, Chaves, Veículo, QR Code, RFID, Biometria Facial, Biometria Digital, Biometria Íris, outros);
  • Interface amigável com suporte a mapas (telas) interativas;
    Suporta qualquer identificador através de leitores conectados via Weigand/OSDP ou SNET nas controladoras PW6K1R1, PW6K1R2, PW6K1ICE, PW6K1R1E, PWLP1501 e PWMR62E;
  • Suporta o cadastro biométrico de digitais, faces e íris na mesma interface IHM;
  • Permite integrar controladores de fechaduras sem fio;
  • Possui o controle nativo de claviculário;
  • Possui o controle nativo de rondas da equipe de segurança;
  • Permite o controle de Elevadores;
  • Permite customizações de lógicas do tipo Event Trigger e Event Procedures do SQL;
  • Associa eventos a ações, incluindo enviar e-mails, executar uma “Stored Procedure”, ou acionar um ponto de entrada/saída de painel qualquer;
  • Suporta de virtualização para VMWare, Microsoft Hyper-V, Azure;
  • Garante acesso à informação através de relatórios avançados e estatísticos com múltiplos filtros que podem ser configrados para serem gerados automaticamente em horários pré-determinados e exportados para excel, PDF, dentre outros formatos;
  • Fácil configuração e manutenção do sistema com modelos de programação de hardware definidos pelo usuário;
  • Suporta o Particionamento de banco de dados com fácil configuração de permissões de cada função do sistema para o operador;
  • Permite a comunicação via IP, Serial ou Modem;
  • Pode ser aderido ao Programa de substituição CASI Micro / 5, Lenel, Mercury;
  • Permite acesso via WEB em HTML5 e Aplicativo Móvel Android/IOS;
  • Suporte Access right management – Gerenciamento de requisições via WEB;
  • Identity Management Assurance – Gerenciamento de requisições via WEB intertravado com informações de outros sistemas para Compliance;

A Pleno Sistemas tem sólido conhecimento neste sistema,  aplicando o Pro-Watch em diversos clientes dos mais variados segmentos de mercado, desde a concepção do projeto, instalação, comissionamento e manutenção em todo o território nacional, englobando algumas das principais capitais do nosso país como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Florianópolis, Curitiba, Porto Alegre, Recife, Fortaleza, Brasília.

Veja o vídeo de introdução da solução e agende uma apresentação com nossos especialistas.

O vírus Corona já está em mutação desde a sua descoberta em 1960 e somente em 2020 ele sofreu pelo menos duas mutações conhecidas. Segundo especialistas, é possível que sejamos forçados a conviver com o Corona como convivemos com as gripes. A esperança de eliminar o vírus começa com uma vacina, mas não representa o fim do caminho, pois ela só será efetiva para as versões conhecidas dele.

Ambientes de uso coletivo e fechados são reconhecidamente os locais ideais para disseminação de vírus pelo ar ou pelo toque. Ou seja, quase todos os prédios e estabelecimento comerciais não estão preparados para este futuro.

Então…, o que fazer?