MORLEY-IAS

O sistema de detecção de incêndios da MORLEY-IAS, by Honeywell é composto de um ou mais painéis de Controle de Alarme de Incêndio Endereçável Analógico de 1, 2 e 4 laços, com capacidade para interligação em rede de até 16 laços, em conformidade com as Normas ABNT NBR 17240:2.010,  ISO 7240, observando o Regulamento de Segurança Contra Incêndio das Edificações e Áreas de Risco e as Instruções Técnicas do Corpo de Bombeiros do Estado.

O sistema de detecção e alarme de incêndio tem como objetivo principal garantir a segurança das pessoas, permitindo que os ocupantes da edificação recebam a informação de uma ocorrência de incêndio com tempo suficiente para o abandono da edificação e a proteção da propriedade e continuidade do negócio, permitindo que o incêndio seja identificado automaticamente em seu estágio inicial, informando sua localização de forma precisa para que a brigada de incêndio possa tomar ações efetivas. 

MORLEY-IAS-pleno-sistemas

O sistema de detecção e alarme de incêndio irá contemplar todos os elementos necessários para sua implantação para que possa desempenhar a função de identificar e notificar no menor tempo possível um princípio de um incêndio de forma confiável e eficiente.

  1.      Detectores automáticos de incêndio
  2.      Equipamento de controle e indicação
  3.      Dispositivos de alarme de incêndio
  4.     Acionadores manuais
  5.      Módulos de supervisão de contatos
  6.      Módulos de comando
  7.      Painel repetidor
  8.      Software Supervisório

O vírus Corona já está em mutação desde a sua descoberta em 1960 e somente em 2020 ele sofreu pelo menos duas mutações conhecidas. Segundo especialistas, é possível que sejamos forçados a conviver com o Corona como convivemos com as gripes. A esperança de eliminar o vírus começa com uma vacina, mas não representa o fim do caminho, pois ela só será efetiva para as versões conhecidas dele.

Ambientes de uso coletivo e fechados são reconhecidamente os locais ideais para disseminação de vírus pelo ar ou pelo toque. Ou seja, quase todos os prédios e estabelecimento comerciais não estão preparados para este futuro.

Então…, o que fazer?