Honeywell EBI

Honeywell EBI (Enterprise Buildings Integrator) – O estado da arte em edificações inteligentes, totalmente integrados e com performance LEED, DCIM, PSIM e outras funções orgulhosamente obtidas através de um sólido e contínuo desenvolvimento de mais de duas décadas em escala global.

EBI - Integrador de Edifícios Empresariais

IOT possibilita resultados reais

O EBI da Honeywell suporta a Internet das Coisas através de serviços abertos e serviços web corporativos, fornecendo aos operadores dados em tempo real. A plataforma do Honeywell Enterprise Buildings Integrator ajuda organizações a detectar incidentes mais rápido, responder com agilidade e mitigar qualquer impacto com menor custo.

Fornecendo desempenho em tempo real

O Enterprise Building Integrator apresenta uma visão unificada em toda a sua edificação, gerenciada através de uma interface de usuário intuitiva para controle operacional. A plataforma EBI possibilita tomadas de decisão mais rápidas e mais informadas para ajudar a proteger você, seu pessoal e seu prédio.

Nova interface aprimora a experiência do usuário

A aplicação da Honeywell User Experience (HUE) é um facilitador que ajuda a obter melhores resultados para nossos clientes por meio de uniformidade e eficiência operacional aprimoradas em todos os aspectos da interação com o EBI.

Conectividade na nuvem e mobilidade

Detecte riscos mais rapidamente com acesso a informações críticas por meio de aplicativos móveis que promovem controle aprimorado das instalações, percepção situacional aprimorada e eficiência operacional sem o custo de duplicar hardware e dados.

O vírus Corona já está em mutação desde a sua descoberta em 1960 e somente em 2020 ele sofreu pelo menos duas mutações conhecidas. Segundo especialistas, é possível que sejamos forçados a conviver com o Corona como convivemos com as gripes. A esperança de eliminar o vírus começa com uma vacina, mas não representa o fim do caminho, pois ela só será efetiva para as versões conhecidas dele.

Ambientes de uso coletivo e fechados são reconhecidamente os locais ideais para disseminação de vírus pelo ar ou pelo toque. Ou seja, quase todos os prédios e estabelecimento comerciais não estão preparados para este futuro.

Então…, o que fazer?